top of page

Como se preparar para a temporada 2024 dos festivais? Confira aqui as nossas dicas!


Foto: divulgação FENAC


2024 já chegou e é tempo de energia em alta para colocar em ação os planos para o ano que está começando. Mas e você, já sabe como realizar suas ações para atingir suas metas? Bom, se você está aqui no “Festivais do Brasil” é por que em algum momento já desejou se inteirar sobre o circuito dos festivais de música autoral e independente que acontece por todo o país. Também é provável que você deseje estar dentro desse circuito, se inscrever, concorrer, ganhar prêmios etc. Para isso, segue aqui algumas dicas preciosas para quem está chegando agora nessa cena.


A primeira dica é: componha muito e faça uma análise crítica sobre as suas composições. Escolha a canção que você acredita ser a melhor, que tenha uma letra relevante, com um assunto relevante, e, principalmente, que possibilite uma comunicação boa entre o intérprete e o público.


A segunda dica é: tenha uma gravação de qualidade. E quando estamos falando de qualidade não estamos dizendo sobre arranjos poderosos com vários instrumentos etc. Falamos sobre uma gravação bem feita, com som claro, minimamente bem mixado, e com uma boa execução da música para que a pessoa que vá fazer a triagem possa perceber a importância de ter essa canção no festival para o qual está selecionando.


Vamos para a terceira dica: ensaie muito! Uma apresentação segura, obviamente aliada a uma composição bem trabalhada, muitas vezes é o diferencial para o outro concorrente que pode cometer algum deslize no palco. Os festivais são uma janela de trabalho com a música autoral e todos querem ser remunerados pelo seu trabalho. Ninguém sai de casa, viajando centenas de quilômetros, para brincar. Portanto é preciso estar muito convicto do que vai ser apresentado no palco do festival.


Quarta dica: relaxe, existe a competição sim, porém, o respeito e a admiração sempre acontecem. Para quem está começando no universo dos festivais de música autoral, é preciso esquecer a ideia de que o palco de um festival é um ringue de boxe/MMA. Conforme dito acima, ninguém sai de casa para brincar. Mas, grandes parcerias, amizades e conexões são iniciadas a partir dos festivais. Estar em um festival é encontrar seus pares, referências, e principalmente embarcar no universo da música do Brasil profundo. Por vezes, você irá encontrar artistas de lugares completamente distintos ao seu e que irão acrescentar muito no seu fazer artístico. E outra: como a sua música de sua autoria chegaria a uma praça lotada no interior do país se você não fosse levá-la até lá? É sobre issso: festival não é apenas concorrência, mas sim sobre trocas. Trocas entre concorrentes, produtores, públicos, cidades etc.


Quinta e última dica: não faça loucura! Por muitas vezes, ao ver um prêmio alto, a ambição de ganhar fala mais alto do que a sensatez. É nessa hora que é preciso analisar com muita frieza as condições e quais as possibilidades reais de não sair no prejuízo. 


No mais, afine seu instrumento, arrume suas malas e caia na estrada, pois a música te chama. Muito boa sorte na temporada 2024!

374 visualizações0 comentário
bottom of page